## Última Hora ##
Um momento...
, , ,

A fisiologia especial da próstata

Resumo: a etiologia das chamadas doenças (ou seja, a causa das reações fisiológicas especiais do corpo) é a questão que, em uma primeira abordagem as 5LB, chama a atenção. Além de entender as causas, é essencial aprender a familiarizar-se com a função dos tecidos envolvidos e a posição do organismo nesse processo. Esta abordagem adota os detalhes adquiridos na Escola de Formação Profissional 5LB, que em si não busca provar nada (não nesse contexto), mas sim fornecer instrumentos preciso que permitem a todos verificar esses fenômenos. Para os iniciantes, será necessário ler pelo menos as 5 leis biológicas.

A próstata é a glândula do sistema reprodutor masculino que produz o líquido seminal.
Como é de origem endodérmica, na fase ativa aumenta a função de produção.

Quando você permanece nessa fase por muito tempo, pode inchar (hipertrofiar) e suas celular podem proliferar para suportar o aumento funcional (hiperplasia, adenocarcinoma).
Em PCL, o excesso de tecido é necrosado pela ação de micobatérias (TBC) ou, na ausência de micróbios, se encapsula.

A percepção visceral na Fase Ativa é “não ser capaz de fertilizar o suficiente”, “não podendo continuar a linhagem”.
As razões pelas quais um organismo pode estar em tal rotina podem ser múltiplas: tem muitas mulheres e não pode fertilizar todas; a própria mulher tem outro homem; seu filho não pode ter filhos…
Situações em que o corpo tenta sustentar uma maior necessidade na atividade de fecundação.
Dificilmente um homem não terá uma próstata ligeiramente aumentada ao longo dos anos

Para alcançar uma hipertrofia de forma a ser diagnosticada, o corpo deve persistir por muito tempo na percepção de “não poder fertilizar o suficiente”.
Os sintomas significativos não são frequentes, exceto na fase de PCL pelos abcessos devido ao trabalho de micróbios.
A dificuldade de urinar é muitas vezes atribuída a hipertrofia da próstata e é o sintoma que geralmente leva ao diagnóstico de prostatite. Na verdade, muito raramente é possível dizer que existe uma correlação: sim, sintomas como hipersensibilidade da uretra, queimação, micção frequente ou dificuldade de urinar são sinais precisos de um processo na uretra na fase PCL, que serão tratados separadamente.

Para aplicar esses conhecimento é necessário precisão. Portanto é importante não autodiagnosticar e não modificar o tratamento medico, mas também observar o processo apenas para fins didáticos.
A psicologização a que estamos acostumados nos faz pensar que a consciência e a boa vontade são suficientes para mudar as coisas: pelo contrário, a biologia responde apenas a ações concretas decorrentes da disponibilidade da pessoa para fazê-lo.
Devido a pluralidade de variáveis é, no entanto, impossível e desrespeitoso para o paciente, mesmo na presença do melhor médico ou especialista, para fazer o diagnóstico correto e completo on-line.

Se você gostou, siga a página aqui



Equipe de tradução e direção

5 Leis Biológicas Brasil

Siga o 5LB Magazine